É a primeira rede de pagamento descentralizada onde os próprios usuários gerenciam o sistema, sem a necessidade de um intermediador ou autoridade central.

Bitcoins não são emitidos por nenhum governo, e o seu valor é determinado livremente pelos indivíduos no mercado. É a forma ideal de pagamento para transações online, oferecendo um método rápido, barato e seguro de transferir fundos em qualquer parte do mundo sem precisar de terceiros.

De uma forma simplificada, o Bitcoin represente uma revolução: ele está para o dinheiro assim como o e-mail está para a troca de informações.

Ninguém é dono da rede Bitcoin, assim como ninguém é dono da tecnologia por trás do e-mail. A rede Bitcoin compartilha um registro público chamado blockchain, que contém todas as transações já processadas, permitindo que cada usuário verifique a validade das transações. Cada transação é protegida por meio de uma assinatura digital, que garante a sua autenticidade e previne contra fraudes no sistema.

Os pagamentos em Bitcoin são mais fáceis de fazer do que com cartões de cŕedito ou débito, por exemplo, e podem ser recebidos sem que você possua uma conta de comerciante. Os valores são transferidos de ou para uma carteira digital, que conta com um endereço único em toda a rede.

Quais as vantagens do Bitcoin?

Uma moeda deflacionária: Enquanto as moedas emitidas por governos centrais estão a constante mercê da inflação e ajustes cambiais, o Bitcoin é uma moeda deflacionária. O número de bitcoins disponíveis no mercado é pré-definido em seu algoritmo, e está limitado a um máximo de 21 milhões de unidades. O algoritmo usado no controle da quantidade de bitcoins foi escolhido por se aproximar do ritmo em que commodities como o ouro são mineradas.

Taxas incrivelmente baixas: Os pagamentos em Bitcoin são processados com taxas muito pequenas ou mesmo inexistentes. Taxas de transação podem ser incluídas caso os usuários desejem tratamento prioritário na confirmação da transação. Existem também alguns processadores comerciais que auxiliam os comerciantes na hora de converter os bitcoins em moedas fiduciárias, depositando estes fundos direntamente nas contas bancárias dos mesmos diariamente.

Liberdade de pagamento: Com o Bitcoin, você envia e recebe qualquer quantia de dinheiro instantaneamente em qualquer lugar do planeta a qualquer hora. O Bitcoin coloca seus usuários em pleno controle de seu dinheiro. O Bitcoin é a única moeda verdadeiramente global, e criar uma carteira é simples como abrir uma conta de e-mail.

Transparêcia e neutralidade: Toda informação em relação ao Bitcoin está disponível na blockchain para que qualquer pessoa possa verificar. Ninguém pode controlar ou manipular o protocolo Bitcoin, uma vez que este é protegido por criptografia.

Segurança e controle: O Bitcoin oferece aos seus usuários controle total sobre suas transações. É impossível que comerciantes forcem cobranças indesejadas ou que não são notificadas, como ocorrre com outras formas de pagamento (como fraudes de cartão de crédito, por exemplo). A qualidade do código do Bitcoin tornam a moeda e as transações infalsificáveis.

Sem impostos: Como a rede Bitcoin não é centralizada, não há como órgãos do Estado saberem quantos bitcoins você possui. Isso significa que cobrar impostos sobre bitcoins é uma tarefa quase impossível de se colocar em prática. No entanto, caso você reverta seus fundos para uma conta corrente, por exemplo, você estará sujeito às taxações normais sobre renda.

Anonimato: Os pagamentos podem ser realizados sem vincular suas informações pessoais às transações. Isso significa que você pode enviar ou receber valores de qualquer pessoa ou organização, sem que as suas informações pessoais ou as informações da outra parte sejam registradas. Esta característica do Bitcoin também oferece uma proteção extra contra furto de identidade.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome