A bolsa coreana, sexta mais movimentada do mundo, disse que armazenou os ativos de todos os clientes em “carteiras frias seguras” (cold wallets) - que operam em plataformas não diretamente conectadas à internet. Acrescentou que a empresa compensará totalmente os clientes afetados.
Tom Lee, analista de Wall Street conhecido por sua postura otimista em relação ao bitcoin, indicou a possibilidade dos contratos futuros de bitcoin estarem prejudicando o preço das criptomoedas.
O ex-trader da Goldman Sachs, Christopher Matta, gerente de fundos de criptomoedas, afirma que é melhor investir em um grupo de criptomoedas do que investir apenas em Bitcoin.
Depois que o governo chinês proibiu as exchanges locais de bitcoin de operar no país, diversos empreendedores começaram a ir ao exterior para comprar a criptomoeda e revendê-la na China por um custo mais alto. Como era de se esperar, existem muitas dessas "mulas de bitcoin" hoje.
"Os investidores de longo prazo que obtiveram grandes ganhos estão preocupados quando observam a queda dos preços. Mas o bitcoin é uma grande reserva de valor. Funciona muito bem. É meio chato, porque não é o projeto mais recente e emocionante. Mas é também uma das formas mais líquidas de se obter exposição à criptomoedas."
Um tribunal holandês decidiu a favor de um peticionário que foi devido a 0,591 BTC por uma empresa privada. Significativamente, o julgamento classifica o Bitcoin como um “valor transferível” - formando um forte precedente para o reconhecimento de criptomoedas em larga escala.
O CEO do Twitter e Square, Jack Dorsey, aparentemente tem grandes visões para o bitcoin. Ele comentou em uma entrevista recente ao The Times que ele acredita que a criptomoeda se tornará a moeda padrão da internet dentro de 10 anos.
Durante seu testemunho em uma reunião do Comitê Permanente de Finanças da Câmara dos Comuns, na qual se discutia entre outros assuntos as criptomoedas, Hamel deixou clara a sua posição à respeito da altcoin, referindo-se à mesma como "BCash".
O mais notório denunciante do mundo entregou a documentação da Agência Nacional de Segurança (NSA) ao jornal The Intercept, revelando um programa secreto invasivo da agência para rastrear usuários de bitcoin usando ferramentas de espionagem.
A Bitfury, que desenvolve tanto software quanto soluções de hardware para empresas de mineração, abriu um novo datacenter de mineração na Noruega. Além disso, a Bitfury planeja investir cerca de US$ 35 milhões no projeto e contratar cerca de 30 funcionários locais para trabalhar no datacenter.
Informativo Semanal
Receba nosso conteúdo exclusivo para membros. Informação que vale dinheiro!
Nós respeitamos a sua privacidade e não compartilhamos seu email com ninguém.