A tendência de queda no mercado de criptomoedas alternativas, ou altcoins, chegou ao fim. Pelo menos é isso que afirma a Fundstrat Global Advisors LLC. No entanto, não espere um novo rali de alta tão cedo.

A avaliação da firma Fundstrat mostra um declínio de 75% nesse mercado nos últimos 64 dias. A inversão veio depois de um rali de 62 dias que empurrou as altcoins para alturas sem precedentes. Com base nas trajetórias dos três períodos de queda anteriores, onde as vendas em massa (sell-offs) duraram aproximadamente tanto quanto os períodos de rali, a Fundstrat afirma que a probabilidade da queda atual ter terminado é alta.

Enquanto a maior parte do declínio pode ter chegado ao fim, um mercado de “touros” para as moedas alternativas não está necessariamente em andamento. É o que dizem estrategistas como Thomas Lee, Robert Sluymer e Sam Doctor em uma nota aos investidores na terça-feira.

Em ciclos anteriores, as altcoins passam por “purgatórios”, ou períodos de consolidação, que duraram entre 70 a 231 dias. Nesses períodos, a Fundstrat recomendava que seus investidores mantivesse posições apenas em criptomoedas mais estabelecidas, como Bitcoin.

Acreditamos que o período atual de purgatório durará entre 150-175 dias, o que implica no retorno de um mercado de touros para altcoins no meio de agosto até meados de setembro. O motivo para esta duração prolongada são as nuvens escuras das medidas regulatórias que pairam especialmente sobre as criptomoedas alternativas.

O mercado de criptomoedas tem sido pressionado este ano, com reguladores no mundo todo criticando o comércio de ativos digitais e as ofertas iniciais de moedas (ICOs), o mecanismo de angariação de fundos onde as startups vendem tokens digitais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome