A CCID, organização afiliada ao governo chinês, considerou a EOS como a criptomoeda mais relevante do mundo depois de ter sido excluída do primeiro ranking divulgado em maio.

Avaliação do Mercado de Criptomoedas

O Centro de Desenvolvimento da Indústria de Informação da China (CCID) publicou a segunda edição do Índice de Avaliação de Tecnologias de Blochchain Públicas Globais. A publicação, que avaliou 30 criptomoedas, concluiu que o EOS é a criptomoeda mais relevante baseada em tecnologia, aplicação e inovação.

A EOS atingiu o topo do ranking devido às suas “excelentes vantagens técnicas em eficiência de confirmação de transação, taxa de transferência de rede e custos de transação”, disse o relatório.

O relatório deu as posições 2 e 3 para Ethereum e NEO, respectivamente. Ethereum foi a blockchain mais bem classificada quando a primeira versão do relatório foi divulgada em maio.

Os 15 principais projetos são classificados em ordem abaixo:

[table id=2 /]

Abaixo, o ranking completo de junho de 2018:

No ranking anterior, divulgado em maio, a EOS sequer esteve presente:

O Bitcoin, a primeira e maior criptomoeda em valor de mercado, foi classificada na 17ª posição. Komodo, que foi classificado em 5º lugar na primeira versão do relatório, caiu para a 16ª.

O CCID diz que os rankings do mercado de criptomoedas são baseados em uma análise rigorosa de “especialistas e acadêmicos nacionais de primeira linha”.

De acordo com o comunicado de imprensa original divulgado em maio, o CCID disse que o objetivo do Índice é “avaliar a capacidade tecnológica, a utilidade da aplicação e a inovação apresentada” dos projetos existentes.

EOS ganha críticos notórios

O CCID, que se reporta diretamente ao Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação da China, defendeu o ranking apesar das controvérsias envolvendo o lançamento da blockchain da EOS.

Depois de protelar por duas semanas, a EOS mainnet foi lançada oficialmente em 15 de junho, depois que a rede atingiu a marca de emissão de 15% dos tokens. No entanto, a rede foi rapidamente interrompida depois que os desenvolvedores identificaram um bug. As controvérsias aumentaram no fim de semana após o EOS Core Arbitration Forum (ECAF) ter orientado os produtores de blocos a interromper o processamento de transações de 27 endereços de carteiras EOS.

A professora da Cornell, Emin Gun Sirer, e o pioneiro dos contratos inteligentes, Nick Szabo, criticaram os desenvolvedores do projeto em razão dos problemas com o lançamento. Szabo foi especialmente crítico com os recursos de rede que parecem dar estrutura de controle centralizado à criptomoeda. Szabo completou:

Com a EOS, estranhos completos podem congelar o dinheiro dos usuários. Sob o protocolo EOS, você deve confiar em uma organização ‘constitucional’ composta de pessoas que você provavelmente nunca conhecerá. A ‘constituição’ da EOS é socialmente inviável e uma brecha de segurança.

Desde o pico em abril, a EOS perdeu quase dois terços de seu valor e os preços caíram para menos da metade em comparação com 30 dias atrás.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome