A NEO, originalmente denominada Antshares (ANS), foi chamada de “Ethereum da China” por alguns veículos da mídia. No entanto, se observada de perto, a plataforma tem na verdade muito pouco em comum com o projeto de Vitalik. Uma descrição mais adequada seria a “Blockchain pública da China”.

Nessa última semana, a NEO vem conquistando as manchetes dos portais de notícias alternativas (e até mesmo na mídia tradicional) ao posicionar-se entre as 10 maiores criptomoedas em valor de mercado. No momento da publicação desta matéria, a NEO descansa confortavelmente na oitava posição, sinalizando o forte suporte ao projeto.

“Os desenvolvedores poderão programar smart contracts em .NET e Java/Kotlinm, e estamos testando a integração com Go, JavaScript e Python no futuro. Isso permitirá que muitos desenvolvedores possam adotar a plataforma no mundo todo”
-Da Hongfei, Co-fundador

A plataforma da NEO compartilha algumas semelhanças com a Ethereum. Porém, possui claras vantagens em relação à mesma, além de uma missão distinta. Primeiramente, a NEO conta com suporte à diversas linguagens para compilação, como Python e Go. Além disse, e ainda mais importante, a NEO oferece suporte à smart contracts escritos em diversas linguagens de programação, como C# e Java. A Ethereum, em comparação, oferece suporte apenas à contratos desenvolvidos em sua linguagem de programação própria (Solidity). Isso remove uma grande barreira à adoção da NEO por parte dos desenvolvedores e pela indústria em geral.

O objetivo da NEO é criar um ambiente de smart economy completo. A plataforma incorpora tecnologias como a gestão e criação de ativos digitais, a implementação de smart contracts, e a certificação digital, por exemplo, todas prontas para aplicações no mundo real e integração com a economia existente.

Os produtos para a NEO já são completamente funcionais e atraem cada vez mais a atenção de empresas interessadas em suas aplicações. A Microsoft já demonstrou claro interesse na tecnologia.

A recente disparada do preço tem colocado a NEO no radar de muitos investidores e corporações interessadas na tecnologia

A plataforma é também uma forte candidata para a gestão de ICOs (Initial Coin Offerings). Não seria nenhuma surpresa se a mesma se tornasse o principal mercado público das ICOs chinesas que estão por vir. Como o Ether nos ensinou, quando novas ICOs são lançadas, o token usado para o seu financiamento tende a subir drasticamente.

O futuro parece bastante promissor para a NEO. O maior desafio no momento para a aceitação em massa parecer ser ganhar espaço no mercado das ICOs. Com essa conquista fora do caminho, a plataforma tem tudo para ser uma das mais fortes concorrentes em serviços de blockchain.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome