Início Site Página 3

Snowden Vaza Documentos da NSA que Mostram Bitcoin Como “Prioridade Nº1”

O mais notório denunciante do mundo entregou a documentação da Agência Nacional de Segurança (NSA) ao jornal The Intercept, revelando um programa secreto invasivo da agência para rastrear usuários de bitcoin usando ferramentas de espionagem. As implicações incluem o futuro da privacidade juntamente com a coleta de dados sem mandado judicial, como o que ocorreu no caso de Ross Ulbricht, criador do Silk Road.

Snowden revela como usuários de Bitcoin são rastreados pela NSA

O Secretário Interino para Assuntos Legislativos do Departamento de Segurança Interna (DHS) Brian de Vallance, em uma carta de novembro de 2013 ao Congresso, relatou que “com o advento das moedas virtuais e a facilidade com que as transações financeiras podem ser exploradas por organizações criminosas, o DHS reconhece a necessidade de uma postura agressiva em relação a essa tendência em evolução. ” Edward Snowden parece ter encontrado um tesouro de documentos secretamente classificados, da NSA, atestando essa“ postura agressiva”.

Tradução: “Analistas encontraram valor no MONKEYROCKET para rastrear usuários de Bitcoins (uma moeda digital decentralizada). […] S2F214 espera poder usar este acesso na sua missão de observar o crime organizado e alvos virtuais que usam a criptomoeda para lavagem de dinheiro. Essas atividades ilícitas oferecem o acesso à sistemas monetários internacionais, ao mesmo tempo em que oferecem um alto grau de anonimato.”

Curiosamente, os documentos que rastreiam os usuários de bitcoin têm como base o mesmo período de 2013. Eles detalham bitcoiners em todo o mundo sendo vigiados pela NSA sob a rubrica de combate ao terrorismo, e podem até ter começado a desempenhar um papel na investigação contra Ross Ulbricht e Silk Road.

Patrick Toomey, da American Civil Liberties Union, do seu National Security Project, explicou: “Se as investigações criminais do governo dependiam secretamente da espionagem da NSA, isso seria uma preocupação séria. Indivíduos que enfrentam processo criminal têm o direito de saber como o governo obteve as provas do crime, para que possam questionar se os métodos do governo eram lícitos. Esse é um princípio básico do devido processo. O governo não deveria esconder as verdadeiras fontes de provas no tribunal inventando uma fonte diferente ”.

Tráfego de Internet Global

Os leitores nos últimos anos foram lançados um pivô. Não é o aspecto monetário do bitcoin que deve ser admirado, mas sim a tecnologia blockchain ou alguma outra inovação relacionada. No entanto, desde o início, o bitcoin foi concebido para ser usado como dinheiro digital, uma forma direta de minar os governos e seu sistema bancário cartelizado. Nos relatos da imprensa popular, esse aspecto foi subestimado e quase esquecido. Até agora.
Parece que a NSA se concentrou no que é importante ou novo sobre o bitcoin, e não é blockchain. E desde as revelações iniciais de Snowden sobre os difundidos dados e programas da Agência, os entusiastas há muito suspeitavam que algo do tipo estava acontecendo na criptografia. Frases de documentos cheias de trechos como “ajuda a rastrear remetentes e receptores de Bitcoins” só alimentam as especulações.

“ODD recebeu feedback de S21 que o acesso está oferecendo a coleta sobre BITCOIN e LIBERTYRESERVE; 2 das 3 principais moedas virtuais que estão alvejando. Bitcoin é a prioridade #1, portanto o seu sistema está sendo intensamente usado para SIGDEV”

As informações coletadas não eram apenas sobre transações. Na verdade, “o rastreamento também pode envolver a coleta de detalhes íntimos dos computadores desses usuários. A NSA coletou algumas informações de senha dos usuários do Bitcoin, atividades na Internet e um tipo de número de identificação exclusivo do dispositivo conhecido como endereço MAC ”, explica Biddle. Um endereço MAC também é conhecido como endereço de controle de acesso à mídia, um identificador de hardware exclusivo. Uma analogia mais nítida seria comparar um MAC a um número de CPF que permanece com uma pessoa (dispositivo) por toda a sua vida.

Usuários de Bitcoin desavisados

Ainda mais, os documentos da NSA confirmam a facilidade com que a Agência poderia identificar os usuários em particular, “sugerindo que a NSA pode ter usado o sistema de pesquisa Xkeyscore, onde as informações do Bitcoin e a ampla gama de dados da NSA foram catalogadas, para melhorar suas informações em usuários Bitcoin. Um documento de referência da NSA indicou que a fonte de dados forneceu “dados do usuário, como informações de faturamento e endereços de Protocolo da Internet”. Com esse tipo de informação, colocar um nome a um determinado usuário do Bitcoin seria fácil “, detalhou o relatório. Xkeyscore (XKS) entrou na consciência popular através das primeiras revelações de Snowden. O XKS foi usado pela NSA globalmente, coletando dados da Internet diariamente e sendo compartilhado com a maioria das nações industrializadas de língua inglesa. Seu código fonte foi analisado publicamente na Alemanha durante o verão de 2014.

Como parte de um programa anti-terrorismo mais amplo, o MONKEYROCKET também foi usado para desenvolver um programa que garantiria o anonimato de usuários em países com tráfego online censurado, como a China e o Irã. A sua função é clara o bastante: “funcionava como um “honeypot” (isca), enganando os usuários do Bitcoin a usar uma ferramenta que eles acreditavam fornecer anonimato online, mas na verdade enviava os dados diretamente para a NSA”.

Enquanto as últimas notícias podem empurrar ainda mais os entusiastas para moedas que priorizem a privacidade, igualmente perturbadora, se não mais, é a suposição de que a NSA desempenhou um papel na acusação de Ross Ulbricht, agora cumprindo prisão perpétua sem a possibilidade de liberdade condicional e aguardando uma possível prorrogação da Suprema Corte. Se pudesse ser provado que uma entidade externa, como a NSA, usava meios antiéticos e ilegais para obter provas, então toda a acusação contra ele estará comprometida.

Bitfury Anuncia Parceria com Governo Para Minerar em Solo Norueguês

Noruega faz parceria com a Bitfury para mineração de Bitcoin

A Bitfury, que desenvolve tanto software quanto soluções de hardware para empresas de mineração, abriu um novo datacenter de mineração na Noruega. Além disso, a Bitfury planeja investir cerca de US$ 35 milhões no projeto e contratar cerca de 30 funcionários locais para trabalhar no datacenter.

A decisão da Bitfury de expandir para o território norueguês foi formalmente anunciada em uma conferência de imprensa na Noruega em 20 de março.

CEO da Bitfury, Valery Vavilov, apontou:

A Noruega é uma combinação perfeita para o foco da Bitfury em inovação e crescimento. Estamos ansiosos para identificar novos relacionamentos com os clientes e projetar os produtos e as soluções de que eles precisam para tornar suas empresas mais seguras e eficientes.

A Bitfury também estava certa de continuar atenta às preocupações ambientais, já que as instalações de mineração podem consumir enormes quantidades de eletricidade. Assim, eles também anunciaram sua decisão de comprar anualmente 350 GWh de energia renovável para atingir a meta da sustentabilidade.

Resta saber se este projeto será responsável por empurrar o setor para a frente. No mínimo, ele diz muito sobre as oportunidades inexploradas na mineração de criptomoedas em todo o mundo. A Noruega é apenas mais um exemplo.

Noruega vê potencial na mineração de Bitcoin

Ao contrário de países como o Japão, que impuseram regulamentos fiscais pesados ​​sobre criptomoedas, a política fiscal da Noruega em comparação é bastante liberal. Na Noruega, os comerciantes de criptomoedas e os investidores devem pagar um imposto sobre os ganhos de capital de 25%, mas as perdas podem ser descontadas.

Além disso, além da felxibilidade do direito tributário na Noruega, parece não haver outros regulamentos iminentes contra o Bitcoin no país.

Como observou Vavilov, o regulamento de criptomoedas atualmente em vigor na Noruega torna o país terra fértil para o desenvolvimento de projetos de blockchain.

Antes da conferência de imprensa, Torbjørn Røe Isaksen, Ministro do Comércio e Indústria da Noruega, emitiu uma declaração dando as boas-vindas à Bitfury. Ele disse:

Estou muito contente que o Grupo Bitfury tenha escolhido estabelecer seu novo data center na Noruega. Os dados se tornarão um recurso cada vez mais importante para a comunidade empresarial e também para a sociedade em geral. Isso representa uma grande oportunidade econômica para as empresas norueguesas. A indústria de datacenter está crescendo rapidamente e oferece à Noruega oportunidades de crescimento econômico e novos empregos.

Bitcoin Volta a Bater US$ 9000 Após Reunião Positiva do G20 Sobre Criptomoedas

O preço do Bitcoin voltou a superar os US$ 9 mil após discussões “produtivas” sobre a criptomoeda em uma reunião do G-20 que reuniu ministros de finanças e governadores de bancos centrais em Buenos Aires, Argentina, nessa terça-feira.

Nas palavras do governador do Banco Central da Argentina, Federico Sturzenegger:

O espírito da discussão foi muito produtivo, e eu concordo que todos saíram muito satisfeitos. Foi uma reunião muito boa.

O Bitcoin subiu mais de 4,5% voltando à casa dos US$ 9.000 pela primeira vez na última semana, um aumento de 22,8% em relação a um mínimo de US$ 7.335,57 no final de semana.

O líder do banco central da Itália deu um passo adiante e disse a repórteres após o encontro que as criptomoedas representam riscos, mas não devem ser completamente proibidas, segundo a Reuters.

“Meu entendimento é que houve uma aceitação em continuar a trabalhar também no lado da estabilidade com a ideia de que isso não implica proibição”, disse aos repórteres Ignazio Visco, diretor do Banco da Itália.

As discussões dentro da sala “dedicaram muito tempo” aos ativos digitas, e o grupo concordou que a regulamentação precisa acompanhar o ritmo acelerado da tecnologia, ponderou Sturzenegger.

O banqueiro central argentino definiu um prazo de verão para os membros do G-20 trazerem “recomendações específicas sobre o que deve ser feito” e disse que a força-tarefa está trabalhando para apresentar as propostas até julho.

Sturzenegger descreveu uma pesquisa anônima realizada na sala no início da reunião de ministros das Finanças, perguntando se os ativos digitais deveriam ou não ser incluídos nas discussões multilaterais.

Os resultados mostraram “um apoio muito forte à inclusão do tópico nas negociações multilaterais”, disse Sturzenegger, especialmente por causa de seu potencial como “canal para o financiamento do terrorismo e lavagem de dinheiro”.

A questão da lavagem de dinheiro levantou bandeiras para outros reguladores globais.

O secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, disse em uma audiência perante o Comitê Bancário do Senado no final de janeiro que o departamento está dando uma atenção especial ao uso de criptomoedas por criminosos.

“Eu quero ter certeza de que estas não sejam usadas ​​por vilões, que elas não se transformem em uma espécie de bancos suíços”, disse Mnuchin, acrescentando que o departamento quer “garantir que os consumidores entendam os riscos relacionados às criptomoedas.

O ex-executivo da Goldman Sachs apontou as falhas da legislação atual à CNBC em Davos:

Nos EUA, nossas regulações atuais afirmam que, se você possui uma carteira de bitcoins, está sujeito aos mesmos regulamentos que um banco.

O preço do Bitcoin começou a se recuperar após um anúncio feito pela Financial Stability Board no domingo. A agência de vigilância global adotou um tom cauteloso em uma carta aos membros do G-20 neste domingo e disse que “os ativos digitais não representam riscos para a estabilidade financeira global neste momento”.

Firma de investimentos Fundstrat Aponta o Fim da Tendência de Queda no Mercado de Altcoins

A tendência de queda no mercado de criptomoedas alternativas, ou altcoins, chegou ao fim. Pelo menos é isso que afirma a Fundstrat Global Advisors LLC. No entanto, não espere um novo rali de alta tão cedo.

A avaliação da firma Fundstrat mostra um declínio de 75% nesse mercado nos últimos 64 dias. A inversão veio depois de um rali de 62 dias que empurrou as altcoins para alturas sem precedentes. Com base nas trajetórias dos três períodos de queda anteriores, onde as vendas em massa (sell-offs) duraram aproximadamente tanto quanto os períodos de rali, a Fundstrat afirma que a probabilidade da queda atual ter terminado é alta.

Enquanto a maior parte do declínio pode ter chegado ao fim, um mercado de “touros” para as moedas alternativas não está necessariamente em andamento. É o que dizem estrategistas como Thomas Lee, Robert Sluymer e Sam Doctor em uma nota aos investidores na terça-feira.

Em ciclos anteriores, as altcoins passam por “purgatórios”, ou períodos de consolidação, que duraram entre 70 a 231 dias. Nesses períodos, a Fundstrat recomendava que seus investidores mantivesse posições apenas em criptomoedas mais estabelecidas, como Bitcoin.

Acreditamos que o período atual de purgatório durará entre 150-175 dias, o que implica no retorno de um mercado de touros para altcoins no meio de agosto até meados de setembro. O motivo para esta duração prolongada são as nuvens escuras das medidas regulatórias que pairam especialmente sobre as criptomoedas alternativas.

O mercado de criptomoedas tem sido pressionado este ano, com reguladores no mundo todo criticando o comércio de ativos digitais e as ofertas iniciais de moedas (ICOs), o mecanismo de angariação de fundos onde as startups vendem tokens digitais.

Steem (STEEM)

Rank Preço Capitalização Volume Unidades 24h(%)
47 $ 0.3212 $ 101,632,899.73 $ 4,126,030 316,369,014 5.77

A Steem é uma plataforma blockchain e também um sistema econômico que oferece recompensas à criadores e curadores de conteúdo através do seu sistema de ‘Smart Media Tokens’.

Os Smart Media Tokens (SMTs) são os tokens digitais da plataforma. Eles podem ser criados por qualquer pessoa de modo a monetizar o conteúdo e criar incentivos econômicos para os usuários.

A implementação mais bem-sucedida dos SMTs até hoje é a Steemit – uma plataforma de mídia social que recompensa os criadores de conteúdo e usuários sem a necessidade de recorrer a anúncios.

Assim como em outras plataformas sociais (por exemplo, Reddit e Facebook), os usuários da Steemit criam e consomem conteúdo digital, com uma enorme diferença – eles são recompensados ​​em Steem pelo seu trabalho.

Steem (STEEM)

Steem é a unidade monetária fundamental da cadeia Steem. Todas as outras unidades (Steem dollars e Steem Power) derivam seu valor do valor da Steem.

Não há necessidade de manter Steem na carteira para fazer uso da tecnologia, porém ela pode ser usada para adquirir os outros tokens que movimentam a economia dentro da plataforma.

A oferta de Steem aumenta em 100% a cada ano, de modo a atender a oferta crescente pelos tokens.

Steem Dollars (SBD)

Os Steem Dollars (Dólares Steem) são as unidades monetárias usadas para recompensar os usuários por publicar e curar conteúdo. Cada dólar Steem representa a quantidade de Steem equivalente a 1 USD.

Os dólares Steem (ou SBD) foram criados para que os usuários não sejam afetados pela taxa de câmbio flutuante da Steem.

Os SBD são realmente uma promessa de que quando você decidir converter os seus ganhos na plataforma, você receberá em Steem o equivalente em dólares que acumulou.

Steem Power (SP)

Steem power (ou SP) é um token que simboliza a quantidade de energia que você possui dentro da plataforma Steemit.

Quanto mais SP você possuir, mais seus votos pesarão no sistema. Na verdade, você não pode votar se não tiver nenhum SP. Todos os usuários recebem um valor mínimo em SP ao se cadastrarem na plataforma Steemit.

Aumentar o seu SP é conhecido como “Power Up” e diminuir é chamado de “Power Down”.

Para aumentar o seu SP, você precisa converter Steem no processo. “Power Down” seria converter o seu SP de volta em Steem.

O Power Up pode ser realizado a qualquer momento e em qualquer quantidade. Já o Power Down é um processo mais lento. O valor em SP convertido para Steem é recebido em parcelas iguais distribuídas ao longo de 13 semanas, a fim de garantir que os usuários não retirem todos os fundos imediatamente da plataforma e causem o colapso da economia Steemit.

Originalmente, o Power Down só era completado dentro de 104 semanas, porém com o sucesso da plataforma e com a enorme quantidade de usuários cadastrados todos os dias, esse prazo vem diminuindo.

A Plataforma Steemit

A plataforma Steemit é a aplicação mais bem-sucedida dessa blockchain. Ela cresceu consideravelmente desde o lançamento em 4 de julho de 2016, e atualmente tem mais de 334.000 usuários registrados. São mais de 250.000 postagens todos os dias.

Você pode ganhar Steem e Dólares Steem publicando e curando artigos.

Veja o infográfico completo aqui.

Como funciona a Steemit

Qualquer pessoa pode ler o conteúdo publicado na Steemit mesmo sem possui uma conta. Os usuários podem ser totalmente anônimos se eles assim escolherem. A plataforma governa o comportamento de seus usuários através da moderação comunitária.

Ainda não existem diretrizes estabelecidas, como no Reddit, mas elas estão sendo criadas organicamente e são auto-implementadas pela Comunidade através do seu poder de voto.

Esses princípios orientadores, de muitas maneiras, incentivam a qualidade do conteúdo original de outros “Steemians”, caso contrário, o usuário está simplesmente perdendo seu tempo, pois provavelmente não ganhará recompensas por publicar conteúdo indesejável ou spam.

Os consumidores da plataforma Steemit são chamados de “curadores” e são encorajados a avaliar conteúdo, fontes e links para encontrar informações de alta qualidade, votando e moderando com base na factualidade, relevância e qualidade das postagens.

Dar crédito onde é devido e citar fontes é incentivado, uma vez que o conteúdo original é preferido quando se trata de distribuir recompensas.

O futuro da Steem

Recentemente, a consultoria independente Weiss Ratings classificou uma série de criptomoedas de acordo com o seu risco enquanto investimento.

A Steem foi uma das poucas moedas a obter uma classificação de risco “B”, junto da Ethereum, EOS e Cardano.

Isso se dá em grande parte pelo fato da plataforma possuir um produto concreto e uma base de usuários enorme comparada a outros projetos. Além disso, os tolens foram criados para circularem de modo livre. Para se ter uma ideia, a sua blockchain possui capacidade para executar mais de 10 mil transações por segundo a um custo virtualmente inexistente.

Mídias Sociais

Site Oficial | Rede Social Steemit | Whitepapers | Twitter | Reddit | Facebook | Código-Fonte

Cotação STEEM/Bitcoin

Como Economizar nas Taxas de Transação do Bitcoin

As altas taxas da rede são um dos principais assuntos no mundo do bitcoin atualmente.

A comunidade da criptomoeda está cheia de frustração sobre o assunto. Para se ter uma ideia, a taxa de transação média aumentou de centavos há alguns anos atrás para cerca de US$ 19 atualmente, transformando a ideia do bitcoin como um método de pagamento online mais barato em uma proposta risível.

Mas, apesar desses custos crescentes e do longo debate que causaram, os desenvolvedores e usuários argumentam que existem formas simples de diminuir as tarifas que não estão sendo totalmente aproveitadas.

Cortando as taxas pela metade

A SegWit foi elogiada como uma otimização que ajudaria a aumentar a escala da rede sem aumentar o tamanho do bloco durante debates no ano passado, mas apenas 12% das transações com bitcoin se aproveitam da tecnologia, mesmo que as transações SegWit custem metade das transações normais.

Nem todas as carteiras possuem capacidade SegWit, mas as carteiras de hardware Trezor e Ledger já suportam a tecnologia, e carteiras móveis, como a Edge (anteriormente Airbitz) e a carteira Samourai também.

Mas, para os usuários que não querem passar pelo problema de mudar de serviço de carteira, a capacidade da SegWit está a caminho de outras empresas também.

Coinbase e Blockchain.info estão trabalhando em implementações, mas ambos enfatizaram que a SegWit é uma mudança nova e complexa e que precisa ser estudada com cuidado – eles poderiam perder os fundos de usuários se ocorrer um erro grande o suficiente.

No entanto, à medida que o número de empresas que oferecem o novo recurso cresce, as taxas de transação do bitcoin irão diminuir. Alguns até argumentam que as taxas de transação desapareceriam completamente se as transações da SegWit substituíssem as transações normais.

Mas mesmo que as tarifas não fossem totalmente eliminadas, um tipo mais específico de endereço SegWit está em desenvolvimento, o que poderia potencialmente beneficiar os usuários no futuro próximo.

Jogo de estimativa

Enquanto os usuários aguardam a adoção em massa da SegWit, eles podem reduzir as tarifas individualmente usando os estimadores de tarifas.

Embora as primeiras carteiras de bitcoin não permitissem que os usuários escolham taxas, isso mudou, com muitas carteiras de bitcoin fornecendo ferramentas para estimar as taxas e ajudar os usuários a decidir quanto desejam pagar para efetuar uma transação.

Em suma, quanto maior for a taxa, mais rápida a transação será adicionada a um bloco, mas, por outro lado, os usuários não querem pagar caro. As novas ferramentas de cálculo de taxas tentam ajudar os usuários a atingir o equilíbrio certo.

Dito isto, alguns estimadores são melhores do que outros.

Alguns usuários verificam com ferramentas autônomas que consideram fatores diferentes, como o estimador do pesquisador de informática da Universidade de Freiburg, Jochen Hoenicke, que dá uma boa idéia de qual taxa é necessária para obter sua transação no próximo bloco.

Já o estimador da carteira Coinb.in considera a complexidade da transação – como a quantidade de dados enviados com a transação. As taxas também levam isso em conta, o que significa que mesmo uma transação de $ 1 poderia ter grandes taxas com base em uma grande quantidade de dados anexados à transação, enquanto uma transação de $ 1.000 poderia ter uma taxa menor se a quantidade de dados anexados a ela é limitada.

Os usuários criticaram alguns estimadores que propõe pagar taxas mais elevadas do que o necessário, mas isso é em parte porque as taxas são difíceis de prever. As taxas podem flutuar por várias razões. O dia da semana, por exemplo, pode ser um fator, uma vez que as pessoas geralmente fazem menos transações no fim de semana, o que significa que os atrasos nas transações serão menores e as tarifas não precisarão ser tão altas durante esse período.

Desta forma, os usuários que não precisam enviar dinheiro imediatamente sempre têm a opção de aguardar a diminuição do fluxo de transações na rede.

Além disso, existem mais maneiras rotineiras de eliminar as taxas de transação completamente, mas estas são altamente dependentes do que é usado como carteira ou exchange.

Por exemplo, é possível transferir bitcoin entre a Coinbase e GDAX gratuitamente, usando a sidechain própria da empresa.

Ferramentas para o longo prazo

Embora a idéia de juntar várias transações menores em uma grande transação tenha sido usada no espaço de pagamentos tradicionais por algum tempo, o conceito está se tornando mais popular para as empresas de bitcoin que processam pagamentos.

Se mais empresas usam esse recurso de forma eficaz, as taxas de transação de bitcoin podem ser reduzidas em até 80%, de acordo com estimativas. No entanto, vale a pena mencionar que o lote pode prejudicar a privacidade e é potencialmente mais lento, dependendo de como a empresa ou o usuário a implementa.

Apesar destas considerações, várias empresas, incluindo a Coinbase, anunciaram que pretendem implementar o “batching” (envio em lotes) para oferecer tarifas mais baixas.

Em um esforço para acompanhar todo o progresso da indústria em taxas decrescentes, Sergej Kotliar da Bitrefill lançou uma ferramenta que permite que os usuários vejam quão otimizadas são suas transações com bitcoin, mostrando se a transação usou lotes, SegWit ou alguns outros mecanismos para aumentar ou diminuir as taxas.

“Basta inserir uma ID de transação e ver se você está pagando demais por suas transações de bitcoin”, afirma Kotliar.

Além disso, olhando ainda mais para o futuro, os desenvolvedores do bitcoin estão trabalhando em diversos outros projetos, como a Lightning Network, que seria fundamental para reduzir as taxas de transação, mesmo que o número de pessoas que usam a rede continue a crescer.

Resumindo os esforços na indústria para reduzir as taxas de transação no curto prazo, o engenheiro da BitGo, Mark Erhardt, reiterou:

Há uma grande quantidade de poder de processamento de transações a se ganhar usando de forma mais eficiente a capacidade de rede que já está disponível.

Confira as ferramentas mencionadas no artigo

Análise de Fees das Transações: https://transactionfee.info/
Calculadora da CoinB: https://coinb.in/#fees
Gráficos das transações não-confirmadas: https://dedi.jochen-hoenicke.de/queue/#all
Status da adoção de endereços SegWit: http://segwit.party/charts/#

Cardano (ADA)

Rank Preço Capitalização Volume Unidades 24h(%)
$ 0.0000 $ 0.00 $ 0 0

Após o seu lançamento em setembro de 2017, o token ADA da Cardano permaneceu fora do radar do público geral, pelo menos até o final de novembro. Desde então, a criptomoeda deu um salto de valorização em mais de 1500%. Com uma capitalização de mercado de US $ 18 bilhões no momento desta publicação, a Cardano ocupa confortavelmente a quinta posição em valor de mercado e dá sinais de um futuro promissor.

Reunimos as principais informações sobre Cardano e sua tecnologia neste guia.

O que é a Cardano?

Mesmo que tenham ganhado proeminência nos últimos dois anos, a maioria das criptomoedas teve trajetórias de crescimento caóticas. Escândalos, hacks e desentendimentos que resultaram em forks difíceis acabaram desestabilizando o ecossistema.

O Cardano é um projeto de blockchain fundado por Charles Hoskinson, co-fundador do ethereum, para “fornecer um ecossistema mais equilibrado e sustentável” para criptografia.

De acordo com o site, a ADA é a única moeda com uma “filosofia científica e abordagem orientada para a pesquisa”. Em termos práticos, isso significa que sua blockchain de código aberto é submetida a um rigoroso processo de revisão (peer review) por cientistas e programadores acadêmicos.

A fundação sem fins lucrativos que administra a Cardano também se associou a um conjunto de instituições acadêmicas para pesquisar e analisar todos os aspectos da sua blockchain.

Por exemplo, pesquisadores da Universidade de Lancaster estão desenvolvendo um “modelo de tesouraria de referência” para encontrar uma maneira sustentável de financiar o desenvolvimento futuro da blockchain da Cardano.

Como a Cardano se diferencia do Bitcoin e Ethereum?

A ADA se intitula como a primeira criptografia da terceira geração e tem como objetivo enfrentar problemas de escala e infraestrutura que surgiram pela primeira vez no bitcoin, uma criptomoeda de primeira geração que introduziu a ideia de moedas digitais como as conhecemos hoje, e ethereum, uma blockchain de segunda geração que expandiu a usabilidade dos ativos digitais através de contratos inteligentes.

Especificamente, Cardano visa resolver problemas relacionados à escalabilidade, interoperabilidade e sustentabilidade em plataformas criptográficas.

O primeiro problema refere-se à desaceleração das redes e taxas elevadas devido ao aumento nos volumes de transações. O algoritmo do Cardano, Ouroboros, foi apresentado como uma possível solução para seus problemas de escala.

A Ouroboros utiliza uma abordagem de Proof of Stake (PoS) para economizar custos de energia e permitir um processamento de transações mais rápido.

Em vez de ter uma cópia da blockchain individual em cada node (como é comum no bitcoin), a blockchain da Cardano agiliza as transações nomeando líderes responsáveis ​​pela verificação e validação de transações dentro de uma série de nodes (nós). Posteriormente, o node líder encaminha as transações para a rede principal.

A interoperabilidade relaciona-se com a portabilidade de uma criptomoeda tanto dentro do seu ecossistema quanto na sua ligação com o ecossistema de finanças globais existente.

Conectando blockchains ao sistema financeiro global

Atualmente, não há nenhuma maneira de realizar transações cruzadas entre blockchains de criptomoedas diferentes ou realizar uma transação envolvendo criptomoedas e o ecossistema de finanças globais de forma simples e acessível.

As exchanges, que podem estar indisponíveis ou cobram taxas exorbitantes, são os únicos intermediários. Uma série de regulações e verificações das identidades de clientes e controle de transações distanciou ainda mais o ecossistema das criptomoedas do sistema financeiro global.

A Cardano visa permitir transferências entre diferentes blockchains através de sidechains, ou blockchains periféricas, que realizam transações entre duas partes fora da blockchain principal.

Finalmente, a sustentabilidade é garantida por estruturas de governança que oferecem incentivos aos mineradores e outras partes envolvidas e sobre a evolução de um modelo econômico autônomo para a criptomoeda.

Além disso, pretende construir o que seus criadores descrevem como uma “constituição” de protocolos para evitar conflitos difíceis (como os que ocorreram em bitcoin e ethereum, resultando nos respectivos “forks” dessas moedas).

No futuro, os protocolos serão codificados na blockchain da Cardano. As aplicações que usam o protocolo, como exchanges e carteiras online, verificarão automaticamente a legitimidade das movimentações a blockchain conforme as aplicações estiverem sendo construídas. A automação também pode reduzir o tempo necessário para discutir e implementar possíveis forks.

Qual é o mercado alvo da Cardano?

Por enquanto, o principal caso de uso de Cardano é como moeda de troca. A ADA, sua criptomoeda, é o token usado neste sistema. A Cardano é frequentemente chamada de “ethereum japonês” e os relatórios do ano passado já indicavam que estava sendo disponibilizada no Japão através de caixas eletrônicos e cartões de débito.

A Cardano tem planos ambiciosos para o futuro e pretende mover-se além do uso como criptomoeda para outras aplicações. Uma delas é servir como “estrutura de computação confiável” para sistemas sofisticados, como sistemas de apostas e jogos eletrônicos.

Outras aplicações descritas em seu site são o gerenciamento de identidade, um sistema de crédito e a Daedalus, uma carteira de criptomoedas universal com capacidades de conversão entre criptomoedas e moeda fiduciária.

Como mencionado anteriormente, a fundação sem fins lucrativos que administra a Cardano criou uma extensa lista de instituições parceiras para refinar seus algoritmos e desenvolver novas estruturas de governança.

De acordo com Hoskinson, a parceria é mutuamente benéfica porque os projetos de pesquisa da Cardano alinham os incentivos acadêmicos com as expectativas do mercado de criptomoedas.

A avaliação atual de Cardano se justifica?

Por mais impressionante que sejam suas ambições, o token ADA da Cardano ainda possui pouco a mostrar em implementações reais. A blockchain foi lançada somente em setembro de 2017, e o número limitado de nodes dentro de sua rede são controlados pela fundação Cardano.

Hoskinson disse que seus esforços de expansão não darão muitos frutos até 2019. Várias inovações no sistema, como seu objetivo de padronizar os protocolos, ainda estão em fase de pesquisa e serão implementadas apenas quando os casos de uso da Cardano crescerem. No seu estado atual, a tecnologia Cardano ainda precisa ser comprovada.

Os críticos acusaram que uma abordagem de mineração baseada em Proof of Stake poderia acabar como uma “plutocracia”, onde os nós com maiores “stakes” (posse de moedas) comandariam a blockchain.

O roteiro da Fundação Cardano indica que uma versão completa de sua tecnologia será lançada no segundo trimestre deste ano. Só então uma avaliação mais abrangente de suas perspectivas poderá ser realizada.

A criptomoeda também enfrenta uma concorrência feroz de outros ativos digitais. Litecoin, uma ramificação de bitcoin, está buscando um papel semelhante para as transações diárias.

A Dash, que inspirou a abordagem de Cardano na governança, também tem aspirações idênticas. A Ripple pode proporcionar uma forte concorrência às ambições de Cardano de se tornar uma ponte entre o sistema financeiro existente e as criptomoedas.

No entanto, pode ser imprudente rotular a avaliação atual do preço da Cardano como uma bolha. Os preços atuais da criptomoeda são fortemente baseados em aplicações e em seu mercado futuro. Isso significa que os comerciantes estão buscando lucros com base em perspectivas de crescimento futuro.

Notas Finais

A Cardano possui um pedigree impressionante e uma visão de longo prazo para a sua blockchain e token criptográfico, mas ainda é uma novidade. Enquanto seu caso de uso inicial é como uma criptomoeda, a blockchain da Cardano pretende expandir para além do uso como moeda de troca e oferecer serviços hoje inexistentes no ecossistema de criptomoedas.

Lembrando sempre que Investir em criptomoedas e especialmente em ofertas iniciais de moedas (“ICOs”) é altamente arriscado e totalmente especulativo, e este artigo não é uma recomendação de investimento.

Mídias Sociais

Site Oficial | Whitepapers | Forum | Chat | Twitter | Reddit | Facebook | Grupo Cardano Brasil | Código-Fonte

Cotação Cardano/Bitcoin

Como Escolher as Melhores Criptomoedas Para Mineração

Vale a pena minerar criptomoedas em computadores pessoais? Como escolher uma moeda para minerar? Que equipamento é usado na mineração?

Com os preços dos ativos digitais em mudança constante e vários outros fatores para se considerar, a mineração acaba sendo um assunto nebuloso e confuso para iniciantes. Reunimos aqui algumas dicas de como descobrir as melhores criptomoedas para a mineração.

Razões para a Mineração

Existem basicamente dois motivos por trás da mineração de criptomoedas. O mais altruísta é apenas apoiar um projeto e garantir velocidades de transação razoáveis. Alguns mineradores apoiarão uma moeda ou um token não-lucrativo na expectativa de que seu preço aumentará.

No entanto, o motivo mais imediato para a mineração é a recompensa imediata ​devido ao alto preço de mercado de um ativo digital.

Mas é importante lembrar que, mesmo com os altos preços do Bitcoin e outras criptomoedas, a mineração pode, no final, tornar-se inviável, especialmente para os mineradores em pequena escala. Alguns dias se parecem com isto:

Fonte: cryptocompare.com

A terceira razão é uma mistura dos outros dois: minerar uma moeda para apoiar um projeto com a esperança de retorno lucrativo em algum ponto no futuro.

Mineração em casa ainda é possível?

É possível adquirir equipamentos de mineração e conectá-los a uma pool de mineração. Mas você precisaria arcar com o alto custo inicial do equipamento, seja ele específico para essa finalidade, como as AntMiners, ou de uso amplo, como placas de vídeo (GPUs).

A mineração de qualquer moeda nos últimos meses tornou-se mais difícil em razão de como as criptomoedas são configuradas. Quanto mais mineradores existirem, mais difícil será resolver o enigma criptográfico que recompensa os mineradores. Isso quer dizer que quando muitos mineradores se juntam à uma pool, o resultado acaba sendo lucros reduzidos para todo mundo.

Não escolha moedas, escolha algoritmos

Existem diferentes algoritmos para mineração de moedas, e existem diferentes equipamentos de mineração para todos eles. Algumas moedas e algoritmos ainda exigem pouco poder de hashing e podem ser mineradas mesmo com uma GPU mais barata, como as da AMD.

O algoritmo de hashing X11 tem uma ampla base de fãs. Comparado com SHA-256 (ex: Bitcoin) e Scrypt (ex: Litecoin), este tipo de mineração é muito mais eficiente em termos de energia e não requer máquinas especializadas. E o investimento em um único GPU para mineração de moedas X11, como Dash, é muito menor.

Mesmo com a queda recente, a DASH seria uma das moedas X11 com a melhor relação lucro/risco para a mineração. Outras moedas representam um risco muito maior em razão das variações do preço do mercado. DASH, no entanto, tem uma equipe sólida por trás e boa liquidez nas exchanges. Existem certamente opções de criptomoedas para mineração mais lucrativas, porém os riscos de perda são maiores*.

Mineração com computador pessoal: vale a pena?

Bitcoin, Litecoin e Ethereum não são mais acessíveis para mineração em pequena escala. Mas se você deseja dar os primeiros passos na mineração e sentir-se de volta à infância das criptomoedas, existe o algoritmo CryptoNight que é usado em vários tipos de moedas.

Esta opção é reservada apenas para processadores multi-core de alta potência e com memória RAM suficiente. Mas ainda é possível baixar o software de mineração e se juntar a um pool de mineração.

Uma boa moeda que usa esse algoritmo é a Monero, que teve uma explosão de preço recentemente, chegando a valer mais de $333 dólares no momento dessa publicação.

O site MinerGate oferece uma interface altamente intuitiva, para que você possa facilmente configurar seu poder de computação de modo a obter o maior lucro na mineração.

As estrelas da mineração

Atualmente, o algoritmo de Scrypt contém uma série de moedas vencedoras, lideradas pela Litecoin. Comprar equipamentos de mineração Scrypt pode ser caro, no entanto, algumas pools de mineração oferecem fácil acesso às moedas que compartilham desse algoritmo.

É importante estudar as moedas e avaliar o preço de mercado atual das mesmas. A Worldcoin, por exemplo, é uma moeda que está adormecida há um bom tempo. Olhando para o gráfico de hashrate da moeda, parece que os mineradores costumam adotar e abandonar o token constantemente, o que pode ser observado pela grande flutuação na taxa de hash.

Fonte: coinwarz.com

Compare-a agora com a hashrate do Litecoin. É possível notar claramente a ascensão do poder de mineração dedicado à moeda, bem como a estabilidade da rede.

Fonte: coinwarz.com

É óbvio que esta é uma comparação injusta, pois o Litecoin está presente no mercado há vários anos e possui um valor de mercado múltiplas vezes maior do que a Worldcoin e outras moedas.

Uma comparação mais justa talvez seja a Viacoin, cuja mineração hoje é mais rentável do que as duas moedas anteriores:

Fonte: coinwarz.com

Acompanhamento da taxa de rentabilidade da mineração

Se você estiver interessado em minerar mais do que um punhado das moedas mais conhecidas, você precisará automatizar o processo.

Felizmente, existem aplicativos que tornam o processo automático, levando em conta a dificuldade, preços de mercado e outros fatores.

Os mineradores em nuvem também contam com a opção de interromper o contrato, uma vez que este não seja mais rentável. Mas, para a escolha personalizada de moedas, especialmente para moedas obscuras, um processo automatizado se faz necessário.

Mineração e malwares

Tenha muito cuidado ao fazer o download de software de mineração. Se possível, obtenha o código-fonte dos aplicativos a partir das páginas oficiais da moeda no GitHub.

Algumas versões do software de mineração podem conter malware. Examine sempre os arquivos através de um antivírus se você os baixar de outros sites.

Como encontrar novas moedas para minerar

Se você quer encontrar moedas sem muita análise prévia e escolher com base no algoritmo e rentabilidade, acompanhe os gráficos do WhatToMine. A rentabilidade é atualizada em tempo real, permitindo que os usuários façam um julgamento e escolham moedas mais versáteis para mineração, embora também com risco maior.

O motivo principal da mineração de moedas menores é a esperança de valorização no longo prazo. Por isso, certifique-se de saber como vender esses tokens e verificar com antecedência se eles estão listados em uma exchange confiável e que você possa acessar e usar facilmente.

* Em razão da queda drástica que todo o mercado de criptomoedas sofreu, a lucratividade da mineração de praticamente todas as moedas foi reduzida. No entanto, a DASH tradicionalmente oferece retornos positivos sobre a mineração. É importante monitorar constantemente para constatar se a mineração de uma determinada moeda ainda é viável.

Análise: O que Aconteceu com os Tokens das Maiores ICOs?

Cerca de US $ 6 bilhões foram arrecadados através de ICOs em 2017. Quase 37 por cento dessa quantia foi arrecadada por 20 ICOs. Nomes como Filecoin, Tezos ou Bancor deram muito o que falar, mas o que aconteceu com os seus tokens depois? Os investidores poderiam obter retornos mais altos comprando tokens alguns meses após as ofertas iniciais?

As cinco maiores ICOs pela quantia levantada mostram que os retornos sobre o investimento podem atingir até 870 por cento dentro de três a quatro meses. Por favor, note que os projetos cujos tokens não são negociáveis ou negociados por menos de dois meses não foram incluídos no artigo. Os dados foram coletados e processados pela agência de pesquisa ICORating.

1. Tezos: $ 232 milhões arrecadados; tokens no comércio por três meses

Preço do token durante a ICO: 1 XTZ = $ 0.47
Preço máximo do token XTZ: $ 11.21
Preço mínimo do token XTZ: $ 1.76
Preço do token XTZ em 16/02/2019: $ 0.43

Retorno desde a ICO (USD): + 1,138%

Progresso: Tezos pode ter sido uma das ICOs mais promissoras de 2017. Sua tecnologia tem como objetivo simplificar os lançamentos de novos projetos e competir com a Ethereum. Embora o roteiro do projeto não contenha prazos exatos, e a última atualização tecnológica tenha sido publicada em 22 de dezembro, parece que a plataforma não será lançada em breve.

Além disso, a Tezos recentemente arquivou duas ações judiciais que a acusam de violar a lei federal e estadual dos EUA. Seus tokens foram qualificados como valores mobiliários e, ao não registrá-los como tal, a empresa violou a “Securities Law”. O projeto também foi acusado de fraude quando os tokens foram distribuídos sob a pretensão de contribuições de caridade. Alguns dos investidores pediram reembolso, mas suas reivindicações foram recusadas, o que foi explicado pelo fato de que isso não foi pressuposto pelo acordo inicial. Apesar destes problemas, o preço dos tokens Tezos nunca caiu abaixo do preço da ICO e mostrou um retorno de 12,4x em dólares norte-americanos desde a ICO.

2. Bancor: $ 153 milhões arrecadados; tokens no comércio por seis meses

Preço do token durante a ICO: 1 BNT = $ 3.92
Preço máximo do token BNT: $ 8.17
Preço mínimo do token BNT: $ 1.52
Preço do token BNT em 16/02/2019: $ 0.52

Retorno desde a ICO (USD): + 108%

Progresso: Bancor pretende introduzir uma maneira fácil de emitir tokens e convertê-los sem intermediários. O projeto fez progressos desde o lançamento em 2017 quando seu aplicativo estava apenas em modo de teste. Atualmente, já pode converter 14 criptomoedas incluindo Ethereum e BTN, mas a opção de emissão de token ainda não está disponível. Bancor demonstra os retornos mais baixos entre as ICOs analisadas.

3. Status: $ 100 milhões levantado; tokens no comércio há 6 meses

Preço do token durante a ICO: 1 SNT = $ 0.037
Preço máximo do token SNT: $ 0.65
Preço mínimo do token SNT: $ 0.02
Preço do token SNT em 16/02/2019: $ 0.02

Retorno desde a ICO (USD): + 1,521%

Progresso: Status combina um messenger móvel e um navegador para conectar usuários de smartphones com o ecossistema Ethereum. Os fundadores declararam que a versão beta estava agendada para Q2-Q3-2017 e que proporcionaria aos usuários finais recursos como mensagens criptografadas, exchange P2P, uma carteira Ether, etc.

O lançamento parece atrasado, embora isso não signifique que não haja progresso. A partir de relatórios públicos semanais publicados pelos líderes da equipe da Status, parece que, mais cedo ou mais tarde, o projeto sera concluído. No entanto, isso não poderia garantir o sucesso com os usuários.

Além disso, o preço dos token SNT não está crescendo de forma exponencial, pois nenhum serviço usa o token até o momento. Ao mesmo tempo, não há motivo para uma enorme queda, pois o projeto está seguindo seu roteiro. Em suma, o token SNT multiplicou o preço por 16,2X desde a ICO.

4. Kin: $ 98 milhões levantado; tokens no comércio por três meses

Preço do token durante a ICO: 1 KIN = $ 0.0001
Preço máximo do token KIN: $ 0.001434
Preço mínimo do token KIN: $ 0.000037
Preço do token KIN em 16/02/2019: $ 0.000024

Retorno desde a ICO (USD): + 1.023%

Progresso: Kin IСO foi classificado como de baixo risco e seu nível de hype parece alto. O ecossistema Kin parece ser uma outra abordagem promissora do chamada “comércio conversacional”, que ainda é apenas um conceito para quase todos os aplicativos de mensagens exceto o WeChat.

Para o mercado ICO, Kin representa um dos projetos mais viáveis, pois possui um produto tangível e 300 milhões de usuários ativos por mês. No entanto, permanece em aberto a questão de como o usuário médio da Kik liquidará seus Kin. Além disso, não há notícias sobre a integração da Kin com a Kik, que estava agendada para o último trimestre de 2017.

O plano da Kin de se mudar da Ethereum também não parece ser claro, pois o mesmo foi confrontado com reclamações de investidores. Apesar das vantagens da Kik sobre a plataforma de status muito semelhante, os tokens Kin ofereceram cerca de +1,023 por cento de retorno desde o ICO.

5. TenX: $ 80 milhões arrecadados; tokens no comércio por seis meses

Preço do token durante a ICO: 1 PAY = $ 0.64
Preço máximo do token PAY: $ 5.33
Preço mínimo do token PAY: $ 0.56
Preço do token PAY em 16/02/2019: $ 0.25

Retorno desde a ICO (USD): + 550%

Progresso: TenX se propõe a simplificar o uso de criptomoedas no cotidiano. O projeto já lançou seu aplicativo. Sua versão Android foi baixada mais de 50.000 vezes desde agosto, apesar de estar no modo beta. O aplicativo ainda está em desenvolvimento e sua expansão está prevista para o início de 2018. Após o crescimento exponencial, o preço do token PAY caiu de US $ 5,33 para menos de US $ 1,5, mas, em geral, ele valorizou 550% desde a ICO.

PAY também foi incluído no William Mougayar High Growth Cryptoassets Index, que é composto por uma seleção estratégica de cripto-ativos subvalorizados.

Chave para o sucesso e os motivos do fracasso

Em 2017, os projetos mais bem-sucedidos de ICO foram aqueles que prometiam tornar a Blockchain e criptomoedas mais adequados para uso comum: exchanges, depósitos, pagamentos, emissão de tokens, programas de recompensas, etc. Mas isso não significa que o foco do projeto garanta a ICO e o sucesso após a oferta inicial.

Geralmente, é muito mais importante que os projetos tenham viabilidade e objetivos comerciais, além de seguir o roteiro do produto e informar os investidores sobre o progresso em uma base regular.

No momento, os dois principais problemas do mercado pós-ICO podem ser a superestimação e a falta de transparência. Para investidores e fundos de investimento, é crucial ter uma avaliação relevante do projeto antes e depois da ICO. Infelizmente, nem sempre isso é óbvio para os fundadores. Alguns deles somem dos radares de mídia após a oferta inicial bem-sucedida e tornam os projetos suscetíveis a ataques de desinformação.

Outro motivo é que os fundadores poderiam superestimar seu projeto e os prazos para aumentar a hype antes da ICO.

Assim, a implementação acaba atrasando, e os investidores são obrigados a vender seus tokens, derrubando o preço.

Boletim Semanal do Mercado de Criptomoedas: 30/12 a 05/01

Zuckerberg se propõe a estudar criptomoedas em missão para descentralizar o Facebook

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou quinta-feira que planeja estudar criptomoedas entre outras tecnologias de descentralização como parte de uma proposta mais abrangente para melhorar a sua plataforma.
Ele acrescentou que hoje, muitos perderam a fé de que “a tecnologia seria uma força descentralizada”. Em suas palavras:

Há importantes contra-tendências para isso – como criptografia e criptomoedas – que colocam o poder dos sistemas centralizados de volta nas mãos das pessoas […] Estou interessado em aprofundar e estudar os aspectos positivos e negativos dessas tecnologias e a melhor maneira de usá-las em nossos serviços.

Fontes: Coindesk | InfoMoney

RKS Minera o seu Bloco Genesis e Bitcoin agora conta com alternativa à plataforma Ethereum

A RSK Labs finalmente minerou seu bloco genesis e lançou formalmente a esperada plataforma de contratos inteligentes com base em Bitcoin. Enquanto ainda está em versão beta e com distribuição limitada, espera-se que a RSK ofereça benefícios de escala significativos para a rede Bitcoin.

O node da RSK e o cliente da carteira estão disponíveis para download no Github. Os desenvolvedores também oferecem um banco de dados e um painel de estatísticas para observar a rede RSK em tempo real.

Fontes: RKS Labs | GitHub | Bitcoin.com

Preço da Stellar decola e coloca a moeda entre as 6 maiores em valor de mercado

Nessa quarta-feira (03/01), a Stellar detinha um valor de mercado de US $ 13,6 bilhões, colocando-a na sexta posição de acordo com o site CoinMarketCap. A moeda digital subiu mais de 50%, atingindo $ 0,90 centavos de dólar.

No momento dessa publicação, a Stellar encontra-se na nona posição e está sendo negociada a pouco mais de US $0,70.

Fonte: Altcoin Brasil

Venezuela revela detalhes da mineração, negociação e lançamento de criptomoeda nacional

O governo venezuelano publicou um decreto que descreve a operação da criptomoeda nacional da Venezuela, o Petro. Ele detalha os planos do governo para a nova moeda, incluindo sua emissão, mineração e negociação. Além disso, o Petro será apoiado por 5 bilhões de barris de petróleo bruto.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, atribuiu 5,3 bilhões de barris de petróleo bruto no valor de US $ 267 bilhões para financiar a criptomoeda da nação. Ele anunciou pela primeira vez a criação do Petro no início de dezembro

Fonte: Investopedia

Pesquisadores holandeses experimentam a mineração de criptomoedas através do calor humano

A equipe de pesquisa e desenvolvimento holandesa chamada Instituto de Obsolescência Humana liderada por Manuel Beltrán estuda a mineração de criptomoedas com uma roupa especial que usa o calor do corpo humano como fonte de energia sustentável.

Os testes mais recentes duraram cerca de 212 horas entre vários turnos e envolveu 37 participantes. Neste período, foram gerados 127,2 watts de potência que extraíram 16,590 unidades entre vertcoin, dash, ethereum, litecoin, startcoin e tokens lisk. De acordo com os pesquisadores, os seres humanos podem gerar 100 watts enquanto descansam e, na maioria das vezes, 80% da energia vai para o lixo.

Fontes: Divulgação | Bitcoin.com

Bitconnect recebe ordem de “cessar e desistir”

Na quinta-feira, a Texas Securities Commissioner (TSC) assinou uma Ordem de cessar e desistir emergencial para impedir as operações da Bitconnect. A empresa misteriosa é uma plataforma de crédito popular com uma capitalização de mercado de 4,1 bilhões de dólares e é acusada há muito tempo de ser um embuste.

“A Bitconnect está buscando investidores para programas baseados em criptomoedas oferecendo rendimentos anuais de 100% ou mais”, descreve o TSC. Depois de detalhar como eles emitem suas próprias moedas (um fato curiosamente negado pelos defensores) com um limite máximo de 28 milhões, o TSC continua:

A empresa exige que os indivíduos usem o Bitcoin, uma moeda criptografada mais estabelecida, para investir em vários programas da Bitconnect. Em um investimento chamado Programa de Financiamento Bitconnect, os investidores adquirem as Moedas Bitconnect, que são fornecidos a um “Bitconnect Trading Bot” para gerar “retornos tão altos quanto 40% ao mês.

Fonte: Bitcoin.com

Capitalização total do mercado de criptomoedas ultrapassa os US $ 780 bilhões

A capitalização de mercado total de todas as criptomoedas somadas atingiu uma nova alta histórica, totalizando mais de US $ 780 bilhões no momento desta publicação.

Fonte: Coinmarketcap

Exchange Binance desativa a inscrição de novos usuários

A exchange popular Binance não está mais aceitando novos traders. A empresa anunciou hoje a suspensão imediata do registro de clientes: “Devido à crescente onda de popularidade, a Binance terá que desativar temporariamente novos registros de usuários para permitir uma atualização da infraestrutura”.

A lista de exchanges que suspenderam novos cadastros já incluía a Bitfinex, Bittrex, Kraken e Cex.io.

Fonte: Bitcoin.com

Moedas em Destaque

TRON (TRX)

Com o preço em US $ 0,03 dia 30/12, a TRON obteve uma alta astronômica chegando a ser vendida a $ 0,30 nessa sexta-feira.

Stellar Lumens (XLM)

A Lumens foi de US $ 0,25 a $ 0,93 durante a semana, sendo negociada por cerca de $ 0,70 durante a redação.

NEM (XEM)

Iniciou a semana valendo US $ 0,90 centavos. Chegou a bater brevemente os $ 2,09, sendo negociado atualmente a $ 1,61.

Ripple (XRP)

Negociada por pouco mais de US $ 1,82 na última sexta-feira, os tokens XRP chegaram a valer $ 3,82, colocando a moeda na segunda posição em valor de mercado. Após a Coinbase negar rumores de que iria listar a moeda, a XRP está sendo negociada a pouco mais de $ 3,60.

RaiBlocks (XRB)

Negociada a US $ 13,08 na última sexta, a XRB vem executando uma trajetória impressionante durante o último mês. Chegou a ser negociada por pouco mais de $ 37 em sua alta máxima, valendo hoje cerca de $ 35. A possível inclusão da moeda na Binance ajuda a sustentar a tendência de alta.

Informativo Semanal
Receba nosso conteúdo exclusivo para membros. Informação é dinheiro!
Nós respeitamos a sua privacidade e não compartilhamos seu email com ninguém.


siga-nos

1,883FãsCurtir
204SeguidoresSeguir

Postagens recentes

Popular

Criptomoedas Amanhecem em Alta, Bitcoin dá Indícios de Reversão de Tendência

Analistas do mercado de criptomoedas sugerem que os recentes aumentos de preço podem sugerir uma recuperação mais ampla para as criptomoedas, já que mais...
criptomoedas

Bitcoin Atinge o Menor Preço Desde Dezembro, Regulações e Ataques Alimentam o Clima de...

O Bitcoin caiu abaixo de US $ 6.000 pela segunda vez em uma semana, no mesmo dia em que o CME Group encerra as negociações de contratos futuros do mês.

Facebook Volta a Permitir Anúncios de Criptomoedas, com um Porém

Em janeiro, o Facebook anunciou a proibição da publicidade relacionada à criptomoedas em sua plataforma, o que logo foi repetido pela Google. Agora o Facebook está parcialmente revertendo essa proibição.

Interesse Pelas Criptomoedas Deve Dobrar, diz o Gigante Bancário ING

Uma das descobertas mais surpreendentes da pesquisa foi que 15% dos entrevistados disseram que considerariam receber seus salários em bitcoin ou outras criptomoedas, apesar de sua notória volatilidade.

Governo Chinês Divulga Ranking de Criptomoedas, EOS Aparece em Primeira Posição

O anúncio foi uma surpresa para o mercado após o problemático lançamento oficial da EOS, no início deste mês.
Informativo Semanal
Receba nosso conteúdo exclusivo para membros. Informação que vale dinheiro!
Nós respeitamos a sua privacidade e não compartilhamos seu email com ninguém.